common-english-mistakes

Ops, Eu Disse Isso? 15 Erros Comuns em Inglês que Você Nunca Notou Antes

Sim, aconteceu.

Cometeu um erro em inglês e está se sentindo envergonhado!

Seu rosto está quente e você só queria desaparecer.

E pegar o próximo avião de volta ao seu país de origem.

Tudo bem. Constrangimento é algo universal e todos cometem erros ao aprender um novo idioma. Muitas vezes, quando você está aprendendo uma nova língua, ele ocorre como resultado de  erro escrito ou falado.

Mas você precisa cometer erros para aprender melhor!

Porque você deve aprender sobre erros comuns em inglês

Você já cometeu algum erro ao falar inglês? Talvez você tenha tido algumas situações estranhas.

Por exemplo, depois da aula de inglês você quer elogiar sua professora, então você diz: “You teach English good.”

Levou um pouco de coragem para falar diretamente com sua professora.

Ela responde: “You think I teach English well? Thank you!” Ah, você esqueceu que não deveria usar “good” para descrever um verbo. Em vez disso, você deve usar “well“. Inglês é tão complicado. Em vez de sentir orgulho em sua tentativa de falar – que é o que você deve sempre sentir – você começa a se sentir envergonhado por seu  erro gramatical.

Aqui está outro exemplo. Talvez um bom amigo seu de língua inglesa esteja se mudando para outra cidade ou outro país. Para dizer adeus, você diz: “I will always forget you.” Ele começa a rir e diz: “I will never forget you either.”

Mais tarde, você percebe que misturou as palavras “forget” e “always,” e assim o significado do seu discurso de despedida bem ensaiado te faz se sentir ridículo.

Muitos estudantes de inglês parecem obcecados em aperfeiçoar seu aprendizado de idiomas e ficam frustrados quando cometem erros e passam horas tentando corrigi-los. Vergonha e constrangimento incomodam cada um de nós de vez em quando.

No entanto, embora você possa tentar se preparar para momentos embaraçosos, nunca poderá evitá-los totalmente. Com um pouco de habilidade, esses momentos desconfortáveis podem se transformar em oportunidades de aprendizado, humor e talvez até amizade.

Pode ser um alívio para alguns saber que até mesmo falantes nativos cometem erros . Então, antes tirarmos sarro de falantes de inglês não-nativos, é importante perceber que falantes nativos cometem erros o tempo todo.

Por exemplo, em séries de TV em inglês, os personagens costumam dizer coisas como: “This is your guy’s cat, right?” Na verdade, deveria ser: “This cat belongs to you guys, right?”

Escritores de televisão podem estar tentando igualar o nível da gramática inglesa correta falada no “mundo real”, mas acabam criando mais erros do que imaginam.

Afinal, muitos alunos de inglês estão assistindo à TV para aprender como melhorar sua gramática. Mal-entendidos e confusões ocorrem quando erros em inglês impedem uma comunicação clara. Muitos desses problemas podem existir tanto no inglês escrito quanto no falado.

Falantes nativos de inglês também confundem “good” e “well” o tempo todo, então, se já fez isso, você definitivamente não é o único!

Trouxemos os 15 principais erros de inglês que alunos cometem, e como você pode evitar cometer esses mesmos erros.

[hr]

[cta id=”19101″]

[hr]

15 erros comuns em inglês que você pode facilmente evitar

Cada exemplo tem um erro comum em inglês. Veja se você consegue descobrir qual é o erro e, em seguida, leia a dica para obter mais informações.

Erros gramaticais

1. It’s e Its

Exemplo de erro: The spider spun it’s web. Its a very beautiful web.

Dica: “Its”, sem um apóstrofo, é a versão possessiva de um pronome. No exemplo acima, devemos usar o possessivo “its” para falar sobre a teia da aranha, porque a teia pertence à aranha.

“It’s”, com um apóstrofo, é uma contração de“it is” ou “it has.” Ao falar sobre a beleza da teia estamos dizendo que é (it is) uma teia muito bonita. Portanto, devemos usar a contração “it’s” em vez de “its“.

Então, se não tem certeza de qual ortografia usar -“it’s” e “its”tente adicionar “it is” ou “it has à frase. Se nenhuma destas frases funciona, então “its” é a palavra que você está procurando. Por exemplo, “the spider spun it is web” ” e “the spider spun it has web” não faz sentido. É por isso que você deveria dizer “the spider spun its web”.

Correção: The spider spun its web. It’s a very beautiful web.

2. Concordância verbal

Exemplo de erro: The list of items are on the desk.

Dica: Na frase acima, a lista de itens é singular. Portanto, não devemos usar “are“. Devemos usar “is”.

Correção: The list of items is on the desk.

3. Gone ou Went

Exemplo de erro: She had already went to the bathroom before they got in the car.

Dica: Se você não tiver certeza de usar “gone” ou “went“, lembre-se de que “gone” sempre precisa ser precedido de um verbo auxiliar. Verbos auxiliares incluem: has, have, had, is, am, are, was, were, be.

Went” não pode ser precedido de um verbo auxiliar.

Na frase acima, usamos “went” mesmo que o verbo auxiliar “had” também esteja presente. Já que a palavra “had” está presente, devemos usar “gone” em vez de “went“.

Correção: She had already gone to the bathroom before they got in the car.

4. Watch, Look, See

Exemplo de erro: Stop watching my private journal. / I look at the snow falling. / I don’t play tennis, but I look at them playing every day.

Dica:See,” “look” e”watch” são muitas vezes confundidos em seus significados. No entanto, devem ser usados em diferentes situações. A diferença entre os três verbos pode ser explicada da seguinte maneira:

  • Look – olhar diretamente para algo.
  • See – avistar algo que vem à nossa vista e que não estávamos procurando.
  • Watch – assistir, observar algo com cuidado, geralmente algo que está se movendo. 

Então, podemos “ver” (see) alguma coisa mesmo se não quisermos, mas só podemos “ver” (look at) algo de propósito.

Correção: Stop looking at my private journal. / I watch the snow falling. / I don’t play tennis, but I see them playing every day.

5. Mau uso do pronome

Exemplo de erro: Take a deep breath through your nose and hold it.

Dica: O pronome singular na frase deve substituir substantivos, mas aqui não está claro qual substantivo ele representa. O substantivo singular mais próximo da palavra “it” é “nose“, então parece que “hold it” significa “segurar o nariz”. Em vez disso, queremos que alguém prenda a respiração – não o nariz.

Quando usamos pronomes adequadamente, devemos entender facilmente qual substantivo singular o pronome representa. Certifique-se de ser muito claro. Se não estiver claro, não use o pronome nem mude a frase!

Correção: Take a breath through your nose and hold your breath.

Erros de fala

6. Futuro

Exemplo de erro: I will be going to the dance party yesterday.

Dica: O pretérito futuro está sendo usado para falar sobre o momento errado na frase acima, já que está falando sobre algo que aconteceu no passado, ontem. Você só deve usar o futuro quando algo ainda não aconteceu, mas ainda vai acontecer.

Correção: I will be going to the dance party tomorrow.

7. Literally ou Figuratively

Exemplo de erro: I’m literally melting because it’s so hot. / Figuratively speaking, it’s 100 degrees out here.

Dica: Isso é um erro porque “literally” (literalmente) significa “na verdade” ou “realmente” e “figuratively”(figurativamente) significa algo que não é real. “Figuratively” é usado para exagerar ou ampliar o significado de algo.

Correção: Figuratively speaking, I’m melting because it’s so hot. / It’s literally 100 degrees out here.

8. Loan ou Borrow

Exemplo de erro: Can you borrow me that book? You can loan me my notes.

Dica: Quem ouve pode ficar confuso, pois “loan” significa “emprestar” e “borrow” significa “pegar emprestado”. Uma simples memorização é necessária para obter o significado correto.

Por exemplo, “borrow me that book” significa “pegue esse livro” no exemplo acima. Onde você quer que o ouvinte pegue o livro? Não é o que você quis dizer!

Em vez disso, você gostaria de pegar o livro emprestado, então você quer que alguém o entregue para você.

Correção: Can you loan me that book? You can borrow my notes.

9. Casual ou Formal

Exemplo de erro: (Em uma entrevista de emprego) “Hey, what’s up?”

Dica: Conheça o seu público! Conversa casual é para amigos, não seu chefe. Isso não é formal, é gíria. Pode até ser considerado inadequado ou rude. Para falar mais formalmente em inglês, você deve evitar as contrações (diga “how is” em vez de “how’s”) e tente ser mais educado.

Correção: “Hello, how is everything going?”

10. Since ou For

Exemplo de erro: I have known him for always. I saw him since last year.

Dica: Você usa “for” se não tem que calcular o período de tempo, porque a quantidade de tempo já é indicada na frase. Você usa “since” se tiver que calcular o período de tempo, pois só tem o ponto de partida.

Correção:

I have lived here for two months.

(Você não precisa calcular, você sabe que o período é “dois meses”. )

I have lived here since 1975.

(Agora você tem que calcular. Se você chegou em 1975 – o ponto de partida – e agora é 2018.)

Erros de Escrita

11. Inglês acadêmico ou linguagem informal de mensagens

Exemplo de erro: (Em um trabalho acadêmico) If u want to know my opinion tho, IDK who should be president.

Dica: Tente quebrar o hábito de usar a linguagem de mensagens de texto para comunicar suas idéias. Escreva tudo completamente. Esse estilo de texto é uma linguagem inadequada para uso acadêmico. Gírias como “IDK” (que significa “I don’t know”) são bons apenas para conversas e mensagens de texto.

Correção: If you want to know my opinion, I do not know who should be president.

12. Pontuação

Exemplo de erro: (em uma carta comercial) Dear Mrs. Jones: I am still interested in the job and want to thank you for the interview! I hope you will consider me for the following programs, A, B and C.

Dica: Certifique-se de entender o propósito de sua pontuação.

No exemplo acima, ao se dirigir à Sra. Jones, você deve incluir apenas uma vírgula.

Dois pontos (:) são usados quando você quer fazer uma lista de algo, e geralmente não quando você está se dirigindo a alguém.

O ponto de exclamação pode ser visto como não profissional. Muitas vezes, são usados para ilustrar uma forte emoção, algo que pode não agradar um empregador em potencial.

Correção: Dear Mrs. Jones, I am still interested in the job, and I wanted to thank you for the interview. I hope you will consider me for the following programs: A, B and C.

13. Frases prolongadas (run-on)

Exemplo de erro: I am a woman and I am a good mother and I am an office worker.

Dica: Se você não consegue dizer de uma só vez, não deveria escrever assim também. Um run-on é uma frase em que duas ou mais cláusulas independentes (isto é, orações completas) são unidas sem pontuação apropriada. O exemplo está faltando um ponto final após “woman” e o exemplo deve conter duas frases separadas.

Correção: I am a woman. I am a good mother and an office worker.

14. Apóstrofos

Exemplo de erro: A womans hat was left on the bus. / Two dogs use the dish. It is the dogs’s dish.

Dica: Apóstrofos indicam que um substantivo possui algo. Não há apóstrofos na primeira frase, mesmo que você esteja falando sobre o chapéu que pertence a uma mulher.

Na segunda frase, há mais de um cachorro, mas o apóstrofo não foi usado corretamente. Substantivos singulares sempre adicionam ‘s ao indicar posse, mesmo se o substantivo termina com ‘s’. Substantivos plurais que não terminam em “s” também recebem um ‘s. No entanto, substantivos plurais que terminam com “s” têm um apóstrofo adicionado após o “s”.

Correção: A woman‘s hat was left on the bus. / Two dogs use the dish. It is the dogs’ dish.

15. Maiúsculas

Exemplo de erro: one rainy day, i saw sarah at Union street library.

Dica: Neste exemplo, “Union” é o único item que foi colocado em maiúsculo, quando deveria haver mais.

Se tratando de maiúsculas, faça a si mesmo três perguntas:

  • É a primeira letra em uma frase? Se a resposta for sim, então essa palavra deve ser maiúscula. Nesta frase, a primeira palavra é “one“, então “one” deve ser maiúsculo.
  • É o pronome “I“? Se sim, deixe maiúsculo. “I” deve sempre ser capitalizado.
  • Estou usando um nome dado a essa coisa ou pessoa? Se sim, deixe maiúsculo.. “Sarah” deve estar em maiúscula, assim como “Union Street Library” por ser o nome de um local.

Correção: One rainy day, I saw Sarah at Union Street Library.

Some people think that becoming fluent in another language means talking fast and using big, fancy words. No entanto, é fácil obter fluência simplesmente falando

Se você praticar sua fala, poderá se comunicar mais rápido e com mais confiança. Você também deve garantir de que tem uma boa compreensão. É muito melhor ser lento e correto do que ser rápido e cometer muitos erros.

Por quê? Se você é lento porém correto, pode melhorar facilmente a maneira como fala, lê ou escreve. Mas primeiro, tem que praticar. Eventualmente, sentirá que pode falar ou escrever qualquer coisa!

Se você seguir as regras acima e ainda cometer muitos erros ao falar, provavelmente deve mudar para a escrita por um tempo. É mais fácil produzir frases corretas ao escrever, porque você pode usar o dicionário e a internet para checar seus erros comuns. Você nem precisa se preocupar com a boa pronúncia.

Apenas respire fundo e diga a si mesmo que o fracasso é apenas uma parte do processo de aprendizado. Assuma a responsabilidade por seus erros, mas não fique louco.

Divirta-se enquanto aprende! Mais importante ainda, admire seus pontos fortes e outras pessoas também o farão.

Tome as lições que aprendeu e siga em frente.

Ao transformar cada falha em uma oportunidade de aprendizado, você se torna mais forte e mais capaz com cada erro cometido.

[hr]
Michelle Suzanne Snyder é escritora freelancer. Ensinou ESL e viveu em três países diferentes. Ela acredita que os benefícios do aprendizado de idiomas são infinitos.

 

Se você gostou deste artigo, então algo me diz que você vai adorar FluentU, a melhor maneira de aprender inglês por meio de videos do mundo real.

Cadastre-se gratuitamente!

Enter your e-mail address to get your free PDF!

We hate SPAM and promise to keep your email address safe

Close