gramatica-em-ingles

A Importância da Gramática na Língua Inglesa: Quando Ela é Crucial (E Três Regras que Você Não Pode Ignorar)

Imagine tentar construir uma casa com madeira, mas sem pregos, parafusos ou cola.

Como a estrutura se manteria unida?

Não se manteria. Ele cairia em pedaços.

É assim que é falar em inglês sem a gramática correta.

Cada frase se torna apenas uma pilha confusa de palavras!

Gramática é um dos elementos mais importantes do seu estudo da língua inglesa. Infelizmente, também pode ser um dos mais complexos e difíceis.

Neste artigo, mostraremos por que a gramática inglesa é importante em diferentes situações, desde conversas informais atè comunicação profissional.

Nós também vamos ajudá-lo a estudar a gramática de maneira mais eficiente, se concentrando nos conceitos que mais importantes para você — além de três regras básicas de gramática inglesa que você não pode ignorar.

A importância da gramática inglesa: Aprenda as regras que mais importam para você

Quão importante é a gramática inglesa na vida diária?

A gramática correta é a chave para falar inglês fluentemente e com confiança. Dominar a gramática te ajudará a evitar erros que fazem seu inglês parecer estranho para falantes nativos.

Mas existem certas situações em que a gramática inglesa é especialmente importante. Por exemplo, se você estiver indo para uma entrevista de emprego em um país de língua inglesa, o empregador estará interessado na qualidade do seu inglês falado e escrito. Na verdade, em uma pesquisa recente com recrutadores do Reino Unido, 50% disseram que a má ortografia e gramática era a maior razão pela qual eles não gostariam de um aplicativo.

A gramática correta não demonstrará apenas suas habilidades de inglês — também mostrará que você é diligente e presta atenção nos detalhes.

Isso é igualmente importante se você pretende estudar no exterior. Faculdades e universidades irão avaliar seu inglês acadêmico com base em grande parte em seu conhecimento de gramática inglesa.

A gramática é importante até para sua vida social. Você sabia que as pessoas em aplicativos de namoro online tem 14% menos probabilidade de conversar com alguém que usa gramática ruim? Além disso, quando você está conhecendo novas pessoas ou visitando novos lugares, a última coisa que você quer é ser mal entendido! Para evitar confundir seus amigos, ou mesmo pedir mais bebidas do que você pretendia, você precisa ter uma idéia firme de como estruturar suas palavras.

Com tudo isso dito, lembre-se de que em algumas situações não há problema em relaxar sua gramática. Quando você estiver enviando mensagens de texto para um amigo próximo, por exemplo, não há problema em usar linguagem casual ou mais simplificada. Conversar online é uma maneira fantástica de se conectar com falantes nativos e outros alunos de inglês em um ambiente amigável e sem pressão.

Como praticar a gramática inglesa importante para você

Como acabamos de ver, a gramática inglesa é importante para pessoas diferentes por diferentes razões. Se você está aprendendo gramática básica para uma viagem aos EUA, você tem necessidades diferentes de alguém que está se candidatando a um programa de graduação em uma universidade de língua inglesa.

Então, como você pode focalizar seu estudo de gramática apenas em conceitos mais importantes para você?

Comece reunindo alguns recursos gramaticais abrangentes e de qualidade para concentrar seu aprendizado. Por exemplo:

  • “Collins Easy Learning Grammar and Punctuation” tem um índice muito bem organizado onde você pode facilmente escolher tópicos não sejam familiares. Talvez você já saiba sobre verbos modais, mas… e quanto o presente perfeito contínuo?! O que é isso? Basta ir direto à página 106 para descobrir.

O livro inclui muitos exemplos claros de como e por que determinada gramática é usada na linguagem do dia-a-dia, então você dominará a gramática de que precisa em um piscar de olhos.

  • FluentU é a melhor (e mais divertida) ferramenta para aprender gramática inglesa em contextos reais. FluentU fornece vídeos autênticos em inglês, como trailers de filmes, vídeos musicais, palestras inspiradoras e muito mais, que foram transformados em lições de idiomas personalizadas.

Cada vídeo vem com legendas interativas. Passe o mouse sobre qualquer palavra e o vídeo será pausado automaticamente para fornecer uma definição, imagem e pronúncia. Você também verá outros vídeos com a palavra, para aprender como ela é usada em diferentes situações ou contextos gramaticais. Como cada estudante se concentra nas palavras e frases que não reconhece, todo mundo têm uma experiência única de aprendizado — até mesmo usando os mesmos vídeos!

Você desenvolverá ativamente suas habilidades em inglês enquanto absorve o idioma como os falantes nativos realmente o usam. Por exemplo, neste vídeo, onde alguém conta uma história de sua infância, você ouvirá como os falantes de inglês usam o tempo passado. Você pode conferir a biblioteca de vídeos completa gratuitamente com uma avaliação FluentU.

Ao estudar estes recursos, mantenha um caderno com as principais ideias gramaticais, para que você possa analisar o que abordou. No início de cada semana, escolha uma nova área para se concentrar e desafie-se para encontrar um exemplo da vida real todos os dias. Isso te ajudará a acompanhar seu progresso nos conceitos gramaticais mais importantes para você.

Você também pode tomar nota da gramática confusa que você ouvir ou ler em inglês. Ao mergulhar na mídia inglesa, você começará a perceber que está ouvindo certas frases e estruturas repetidamente. Estes são os conceitos gramaticais cruciais do dia-a-dia nos quais você deve se concentrar, caso ainda não os reconheça.

Se você tem amigos que falam inglês, não tenha medo de pedir que eles o ajudem. É improvável que as pessoas corrijam sua gramática falada porque podem se preocupar em ofendê-lo. Diga a seus amigos que você não se importa que eles apontem seus erros educadamente, assim eles podem ajudá-lo a encontrar a maneira certa de reformular suas palavras.

Um bom amigo será paciente e encorajador, pois até mesmo falantes nativos de inglês sabem que a gramática pode ser complicada.

3 Regras gramaticais inglesas importantes em qualquer ambiente

Você sabe que deve se concentrar apenas no que importa, mas existem algumas regras de gramática em inglês que todo mundo precisa saber.

Plurais irregulares

Caso você peça a um amigo para cuidar do seu dog, mas na verdade você tem sete dogs, tele terá uma enorme surpresa canina.

Cometer um erro com um plural certamente causará confusão em qualquer lugar, desde situações sociais até em laboratórios de pesquisa. É por isso que é tão importante aprender essas regras — especialmente para plurais irregulares, que são complicados para pessoas não nativas.

Na língua inglesa, a maneira padrão de formar o plural é adicionando a letra “s” ao final de um substantivo singular.

One catTwo cats

One shoeTwo shoes

One bathTwo baths

Esta regra funciona na maior parte do tempo, mas infelizmente há algumas exceções.

Palavras terminadas em “ss” geralmente formam seu plural adicionando “es” ao final. Isto se dá para evitar ter um “s” triplo no final de uma palavra, que pareceria e soaria estranho.

One goddess Two goddesses

One businessTwo businesses

Algumas palavras podem permanecer as mesmas tanto no plural como no singular. Por exemplo, a palavra fish se mantém a mesma no plural (one fish, two fish). Assim como a palavra aircraft. Não há nenhuma regra para nos dizer quais palavras vão se comportar assim, mas felizmente a lista não é muito assustadora. O site de revisão Vappingo reuniu 101 exemplos dessas palavras.

Alguns deles podem ser um pouco obscuros, mas você verá que há alguns que você usará o tempo todo. Quando você se deparar com uma palavra como essa, anote-a para ajudá-lo a lembrar que é diferente.

Você também pode começar a ver padrões entre plurais irregulares, mas não confie neles sem verificar. Por exemplo, um goose se torna geese , porém moose se mantém moose (e não “meese“).

Esses tipos de palavras são os mais enganosos e provavelmente mais difíceis de entender. Uma maneira de aprender esses plurais irregulares é criar uma tabela com duas colunas durante o seu estudo de vocabulário regular. Quando você aprender uma parte importante do vocabulário, escreva a forma singular em uma coluna e o plural na coluna oposta. Pendure esta tabela em algum lugar em que você a veja regularmente, como atrás da porta do seu quarto ou na sua geladeira.

Quando você se acostumar a vê-los, começarão a parecer menos estranhos!

Artigos e Gênero

Entender artigos e gênero em inglês é crucial para poder se referir a uma pessoa ou coisa corretamente. Infelizmente, esta regra gramatical inglesa altamente importante é também uma das mais estranhas para muitos falantes não nativos.

Isso porque, em muitos idiomas, a maneira como você descreve um substantivo depende do gênero. Na língua portuguesa, usamos artigos diferentes para substantivos femininos e masculinos.

Em inglês, substantivos não possuem gênero gramatical. É comum que novos falantes de inglês se refiram a objetos como “he” ou “she” pois estão acostumados a estes terem um gênero em sua língua nativa.

A boa notícia é que, quando você quebra esse hábito, a gramática inglesa fica realmente muito simples. Os dois artigos que você precisa são the e a”. Usamos “the” para nos referirmos diretamente a objetos específicos, enquanto “a” serve para indicar objetos de forma mais geral.

I would like to eat the banana you bought at the store today.

I would like to eat a banana, but there aren’t any in the house.

Se um substantivo começa com uma vogal, o artigo indefinido se torna anem vez de a”.

A bicycle

An apple

Confusamente, falantes de inglês adoram humanizar objetos, mesmo sem usar gêneros. Veículos são frequentemente tratados como femininos. Você pode ouvir alguém dizer: “Look at her engine, she’s a real beauty!”, ao falar sobre um carro. Isso não significa que um carro deva ser chamado de “ela”, é apenas uma maneira de expressar orgulho ou carinho por uma máquina, fazendo com que ela soe mais como uma pessoa.

Falando Formalmente

Formalidade é importante em muitas ocasiões. Para entrevistas, jantares de trabalho e datas, você deve adaptar seu inglês para se adequar ao tom do evento.

Uma mudança sutil de gramática que vale a pena notar é o uso das palavras can emay ao fazer solicitações ou perguntas. “May” é considerado mais formal e educado do que “can“.

Com um amigo, você pode perguntar: Can I have the wine?” Com um colega ou alguém que você acabou de conhecer, você pode perguntar: May I have the wine?”

Da mesma forma, would like é uma versão mais formal de want“.

I want to try on this dress. I would like to try on this dress.

Há uma coisa que torna a formalidade em inglês mais fácil do que em outras línguas. Em muitos idiomas, há uma maneira formal e informal de se dirigir a alguém. Em francês, por exemplo, você pode usar “tu” para um amigo e “vous” para alguém que você não conhece tão bem. Mas em inglês só temos uma palavra: “you.” Você pode chamar seu melhor amigo, sua mãe e seu chefe de “you” sem se preocupar com a formalidade.

Embora a gramática inglesa possa parecer assustadora em alguns lugares, aprender a entender e usá-la corretamente é incrivelmente recompensador. Não tenha medo de cometer erros ao praticar o inglês. Às vezes esta é a melhor maneira de aprender! Se você está comprometido e entusiasmado para dominar a gramática, ela pode se tornar um aspecto envolvente e até emocionante do seu aprendizado do idioma.

Se você gostou deste artigo, então algo me diz que você vai adorar FluentU, a melhor maneira de aprender inglês por meio de videos do mundo real.

Cadastre-se gratuitamente!

Comments are closed.