dicas-de-comunicacao-em-ingles

8 Dicas Essenciais para uma Comunicação Clara em Inglês

“Huh? What? Can you say that again?”

Isso soa familiar?

Todos nós já ouvimos essas palavras antes, e também as dissemos.

Não importa onde estamos ou que língua falamos, às vezes temos problemas para nos comunicar.

Comunicação é uma conexão entre pessoas compartilhando informações entre si. É importante na vida cotidiana, no trabalho e quase sempre que você interage com outras pessoas.

Problemas de comunicação nem sempre são culpa do seu nível de inglês. A verdade é, você pode saber falar inglês mas não saber se comunicar em inglês.

Qual é a diferença? Continue lendo para descobrir – e aprenda como corrigir os erros de comunicação mais básicos!

Como as pessoas se comunicam claramente em inglês?

Até mesmo falantes nativos têm problemas para se comunicar às vezes. Problemas de comunicação acontecem quando a conexão é perdida entre o orador e o ouvinte. Em algum lugar ao longo do caminho, a informação que está sendo transferida é perdida ou misturada.

Aqui estão algumas maneiras pelas quais os problemas de comunicação podem acontecer:

  • O orador não se expressa com clareza suficiente.
  • O orador usa uma linguagem que o ouvinte não entende.
  • O ouvinte não entende o orador.
  • O ouvinte não está prestando atenção suficiente ao orador.

Existem maneiras de evitar erros de comunicação, tanto como orador quanto como ouvinte. Você só precisa lembrar três regras de comunicação muito importantes e seguir algumas dicas básicas para realmente melhorar suas habilidades de comunicação em inglês.

As 3 regras importantes de comunicação

Em qualquer idioma, há três pontos extremamente importantes a serem lembrados quando você estiver se comunicando com alguém.

  1. Diga o que você quer dizer. Pode ser difícil expressar algumas ideias com clareza, mas se você está tentando evitar uma falta de comunicação, é importante dizer exatamente o que você quer dizer. Seja claro e direto ao ponto.
  2. Pergunte. Comunicação é algo bidirecional, o que significa que você não pode ser o único a falar. Para ter certeza de que seu ouvinte está envolvido e te entendendo, faça perguntas. Veja o item # 5 abaixo para bons tipos de perguntas a serem feitas.
  3. Ouça. Sério, realmente ouça. Ouça o que seu parceiro de fala tem a dizer e tente entender o que significa.

Seguir todas essas três regras fará com que você seja excelente em se comunicar em inglês (e provavelmente também em sua língua nativa).

É claro que, como aluno de inglês, você pode ter dificuldade em se comunicar em inglês por causa da barreira do idioma. Não se preocupe – aqui estão algumas dicas que você pode usar se quiser entender (e ser entendido) melhor.

8 Dicas Essenciais para uma Comunicação Clara em Inglês

1. Continue falando

O problema: Você pode ter dificuldade em falar fluentemente se não tiver certeza da sua gramática ou vocabulário. No entanto, parar muito quando você fala pode dificultar que as pessoas se concentrem no que está dizendo.

A solução: Conheça suas frases de preenchimento!

Frases de preenchimento são frases (e palavras) que agem como espaços reservados em uma frase. Preenchem silêncios para que sua fala não seja interrompida. Elas não adicionam nada à conversa, porém, te dão um pouco de tempo para pensar no que dizer.

Alguns exemplos de frases de preenchimento são:

  • Um, uh
  • You know…
  • To be honest…
  • Actually…

Você pode encontrar uma lista mais longa de palavras e frases de preenchimento aqui.

Como com qualquer coisa boa, não abuse deles! Muitas frases de preenchimento são tão ruins quanto muitas pausas. Para encontrar um bom equilíbrio, tente não usar mais de uma frase de preenchimento para cada frase que você fala. Você descobrirá que isso fica mais fácil conforme você pratica.

Sua vez de tentar: Encontre um tópico sobre o qual você possa falar confortavelmente por alguns minutos (você pode usar um dos assuntos iniciais listados aqui). Grave-se falando sobre o tópico em inglês por alguns minutos. Ao terminar, escute sua gravação.

Quantas vezes você para? Com que frequência você usa frases de preenchimento? Tente se gravar novamente falando sobre o mesmo assunto, mas desta vez observe o nosso uso de muitas pausas ou frases de preenchimento.

2. Encontre um bom ritmo de fala

O problema: Se você tentar falar rápido demais, suas palavras não sairão bem. Mas se você tentar desacelerar, terá problemas para se concentrar.

A solução: Você precisa trabalhar em seu ritmo de fala, ou a velocidade e “som” da sua fala.

Encontrar seu ritmo de fala perfeito realmente ajudará a melhorar sua fluência. Um bom ritmo de conversação é confortável para você e para o ouvinte, mantém você concentrado e lhe dá tempo suficiente para pensar no que quer dizer.

Sua vez de tentar: Para encontrar o ritmo perfeito, você pode ter que experimentar um pouco. Encontre um parágrafo curto, ou apenas uma frase para dizer. (Você pode tentar usar algumas dessas piadas one-liner bobas. Pontos de bônus por entender o humor!)

Diga a frase lentamente, depois novamente mais rápido, e repita. Ao alcançar um ritmo de fala desconfortável (muito rápido), diminua a velocidade. Repita isso com algumas frases e logo encontrará a velocidade perfeita.

Ao encontrar a velocidade certa, você pode trabalhar no ritmo, que é a tensão e entonação (os altos e baixos do som) da sua voz quando você fala. Para fazer isso, escolha um vídeo com legendas. Nós recomendamos usar vídeos da impressionante biblioteca FluentU, pois todos os vídeos possuem legendas interativas.

A partir deste vídeo, escolha uma frase. Assista uma vez, depois de novo, e fale junto com o vídeo. Repita! (Se você estiver assistindo no FluentU, basta clicar no botão “replay” para repetir uma parte do vídeo várias vezes.) Tente reproduzir a velocidade, tensões e som geral da frase enquanto fala.

3. Certifique-se de que você entendeu

O problema: Por causa da barreira do idioma, você nunca pode ter certeza se as pessoas realmente entenderam o que você quis dizer.

A solução: Simplesmente pergunte Na maioria das vezes, você pode ter certeza de que alguém entendeu o que você disse ao pedir para repetirem o que você disse.

Se você está preocupado em parecer rude, pode lembrá-los de que ainda está aprendendo inglês e quer ter certeza de que se expressou corretamente.

Sua vez de tentar: Pratique com um parceiro falante ou tente isso em qualquer conversa em inglês: Na próxima vez que der instruções ou informações, siga-as com uma destas frases:

  • I want to make sure you got that. Would you mind repeating it?
  • I’m not sure if I said that right. Can you please repeat it?
  • Can you please run that by me, so I know you got it?
  • I’d like to be sure I’m expressing myself clearly. Could you please tell me what I’ve just said, so I know we’re on the same page?

Ao fazer com que o ouvinte repita o que você disse, você pode ter certeza de que foi entendido ou esclarecer qualquer coisa que não tenha sido entendida.

4. Repita o que lhe é dito

O problema: Às vezes você não tem certeza se entende o que os outros querem dizer e não sabe como confirmar.

A solução: Não tenha medo de pedir às pessoas que se repitam. A maioria das pessoas concorda que é melhor se repetir do que ter mal-entendidos. Uma maneira ainda mais eficaz de garantir que você entendeu bem é repetir o que ouviu.

Sempre que estiver obtendo informações e não tiver certeza de que as entende, basta repetir com suas próprias palavras. Isso dará a chance para a pessoa corrigir o que você não entendeu, ou confirmar que você ouviu direito.

Sua vez de tentar: Você pode praticar com um parceiro de fala ou em uma conversa real em inglês: Repita as novas informações de volta ao orador.

Você pode usar estas frases antes da informação:

  • I want to make sure I got that right…
  • So let me get this straight…
  • You mean…
  • If I’m understanding you correctly…

Você também pode tentar isso com qualquer coisa que leia ou assista. Depois de ler ou assistir algo, dedique um momento para explicar em inglês o que você acabou de aprender. Isso ajudará você a trabalhar em seu resumo e habilidades de compreensão.

5. Faça perguntas esclarecedoras

O problema: Você simplesmente não entende o que está sendo dito.

A solução: Às vezes você não entende informações o suficiente para poder repetir. Outras vezes você sente que só entendeu algo parcialmente. Nesses casos, você pode fazer perguntas que esclarecerão qualquer mal-entendido ou qualquer informação que esteja faltando.

Sua vez de tentar: Os tipos de perguntas que você faz variam de acordo com a conversa que você está tendo. Você ainda pode praticar boas perguntas com um parceiro jogando jogos como “20 perguntas”.

Para jogar, seu parceiro pensa em uma pessoa, lugar ou coisa. Você tem que descobrir o que a outra está pensando, fazendo perguntas de ‘sim ou não’, como “Is it a living thing?” ou “Does it like taking naps in sunny spots?” (Se a resposta para ambos é “sim”, talvez seja um gato!)

Você também pode praticar quando você lê qualquer coisa na Internet. Ao ler, pergunte a si mesmo sobre algo que você não entendeu ou qualquer informação que esteja faltando. Se você leu este artigo, por exemplo, você pode estar se perguntando “How much is the discount?” ou “How much does Starbucks throw out instead of recycle?” Fazer essas perguntas ajudará suas habilidades de comunicação, habilidades de compreensão de leitura e compreensão geral do mundo ao seu redor.

6. Preste atenção em sua linguagem corporal

O problema: Você está dizendo uma coisa, mas seu corpo diz outra.

A solução: Você pode não saber disso, mas seu corpo fala quase tão alto quanto você. A maneira como você se senta, o modo como segura suas mãos, até em que direção você olha – todas essas coisas podem mudar o significado das palavras que você fala.

Por exemplo, se você aceitar o convite de alguém para almoçar, mas seus braços estiverem cruzados e você não estiver sorrindo, podem pensar que você não quer realmente fazê-lo. Se você está preocupado em falar inglês incorretamente, pode mostrar linguagem corporal negativa. E pode ser mal entendido por causa disso. Então o mais importante é relaxar!

Para falantes nativos, a maior parte da linguagem corporal é intuitiva . Isso significa que você faz isso sem pensar ou ter que aprender. Mas nem tudo é universal. Ou seja, nem toda linguagem corporal e gestos significam a mesma coisa em diferentes culturas. (Então você pode precisar de algum aprendizado!)

Há algumas coisas que você deve ter em mente quando estiver falando inglês:

  • Evite alguns gestos de mão. Mostrar apenas o dedo do meio com o resto dos dedos dobrados é considerado um gesto ofensivo. No Reino Unido, fazer um sinal em V com seu dedo indicador e médio também é considerado rude (na América, é apenas um sinal que significa “paz”, o que não é nada rude).
  • Use suas mãos para falar, no entanto. Você pode usar suas mãos para mostrar que está animado ou interessado. Bater um punho em uma mão aberta mostra determinação. Batendo uma palma aberta ou um punho em uma mesa pode mostrar raiva. Manter as mãos fechadas e dobradas no peito, no entanto, faz você parecer frio e desinteressado.
  • Dedos também falam. Você pode contar com seus dedos. Comece com a mão fechada em um punho e conte a partir do dedo indicador se estiver na América, ou a partir do polegar se estiver na maioria dos outros países de língua inglesa. Você também pode fazer o sinal de “ok” ao manter os três últimos dedos abertos e fazendo um “O” com o dedo indicador e o polegar. Há muitos outros gestos que você pode aprender – assista a alguns falantes nativos!
  • Pernas cruzadas podem significar coisas diferentes. Se você cruzar as pernas em direção à pessoa com quem está falando, isso mostra que você está ouvindo. Se você cruzar as pernas, isso pode mostrar que você não está interessado ou está distraído. Esse tipo de linguagem corporal não é algo que as pessoas aprendem, mas podem perceber que algo parece errado ou que você parece desinteressado.

Além dessas dicas, a linguagem corporal varia dependendo de onde você está. Observe outras pessoas para entender como seus corpos falam junto com suas palavras. No próximo filme ou programa de TV que você assistir, preste atenção à linguagem corporal. Observe a situação e o humor do orador ao executar certos gestos.

Sua vez de tentar: Sente-se na frente de um espelho e fale um pouco. Finja que você está conversando com seu reflexo. (Você pode usar os assuntos da dica número um.) O que suas mãos estão fazendo? E suas pernas? O que sua postura diz? Movimente-se e tente coisas diferentes e veja como elas mudam o significado do que você está falando.

Encontre uma maneira confortável de falar e tente relaxar. Quando você está falando com uma pessoa real em inglês, pode se lembrar desse exercício e lembrar como seu corpo fica quando está relaxado.

É uma boa ideia também repetir este exercício em pé. Pode ser mais difícil saber o que fazer com as mãos quando você está de pé, por exemplo.

7. Use linguagem apropriada

O problema: Você sabe inglês “normal”, então não sabe como se comunicar com alguém que fala inglês profissional ou usa gírias.

A solução: Às vezes é apropriado mudar para uma maneira mais informal ou mais formal de falar. Dependendo do seu objetivo de aprendizado de inglês, talvez já esteja aprendendo inglês profissional ou conversacional. Ouça como seu parceiro de conversa está falando, observe sua situação e seu ambiente e tente corresponder ao tipo de inglês.

Se você só está aprendendo inglês padrão, não se preocupe: Na maioria das vezes, o inglês padrão funciona perfeitamente como uma ferramenta de comunicação, não importa com quem você está falando.

Sua vez de tentar: Se estiver interessado em inglês profissional ou de conversação, um bom lugar para começar é lendo um pouco sobre eles online.

FluentU tem muitos artigos sobre os dois tópicos, como este sobre como aprender inglês profissional, ou este com frases bem casuais. Navegue por todas as postagens aqui para mais vocabulário e dicas sobre como continuar seu aprendizado. Use a barra de pesquisa inserindo termos como “trabalho”, “profissional”, “formal”, “gíria”, “casual” ou “conversacional”.

8. Treine empatia

O problema: Você entende as palavras que alguém está dizendo, mas não entende por que o disseram, ou talvez você até discorde.

A solução: Imagine que você odeia o frio. Você menciona isso em conversa, e a outra pessoa diz que ama o frio. Você sabe que ouviu as palavras certas, mas isso não faz sentido para você. O que você precisa aqui é empatia.

Empatia é a capacidade de entender o que alguém sente, e é uma parte importante da comunicação em qualquer idioma. Mostrar empatia é importante para ouvir bem. Você não pode simplesmente ouvir as palavras de uma pessoa, você precisa entender o que estão dizendo e tentar entender seu significado.

Você pode nem sempre concordar com alguém, ou as pessoas nem sempre explicarão o que querem dizer, mas você pode tentar entender cada ponto de vista. Para praticar empatia, pergunte a si mesmo o que seu parceiro fala e sente, observe sua linguagem corporal e tente entender o que suas palavras significam.

Sua vez de tentar: Dramatização pode ajudá-lo a aprender como alguém se sentiria. Você pode fazer isso sozinho ou com um parceiro (ou um grupo). Para esse o exercício, crie uma lista de personagens e uma lista de perguntas como esta aqui. Você pode usar uma ferramenta de criação de personagens como esta, ou crie um por conta própria. Dê aos personagens traços de personalidade que você não tem. (Por exemplo, se você for tímido, faça um personagem confiante e extrovertido.)

Agora escolha um personagem e responda algumas perguntas da sua lista, do ponto de vista deles. Finja que você é o personagem e responda como acha que ele responderia. Este exercício te ajudará você ver o mundo através dos olhos de outras pessoas.

Se comunicar bem é importante em todos os aspectos de nossas vidas. Siga estas dicas para melhorar suas habilidades de comunicação em inglês e em qualquer outro idioma!

 

Se você gostou deste artigo, então algo me diz que você vai adorar FluentU, a melhor maneira de aprender inglês por meio de videos do mundo real.

Cadastre-se gratuitamente!

Comments are closed.